Mesmo que o evangelho de Marcos seja anônimo, a antiga tradição é unânime em dizer que o autor desse Evangelho foi João Marcos, seguidor próximo de Pedro e companheiro de Paulo e Barnabé em sua primeira viagem missionária.  Marcos é filho de uma judia, Maria de Jerusalém, e sobrinho de Barnabé.

 

Qual o destino e propósito de Marcos ao escrever o seu evangelho?

 

Foi destinado aos Romanos.  O objetivo é apresentar Jesus como servo e mestre. Apresenta o grande poder do Servo Divino na realização de atos de bondade, no ensino da verdade e no combate ao mal.

 

O evangelho de Marcos é apenas um começo. Mas o começo de que? Começo da boa notícia. Começo de uma prática – acompanha o roteiro de Jesus pela palestina descrito por Marcos, encontramos Jesus saindo de Nazaré da Galiléia para ser batizado por João e após a prisão deste retornando à Galiléia, onde inicia sua atividade até chegar o momento crucial em Jerusalém. Boa Notícia: é com Marcos que vamos saber em primeira mão o que significa Evangelho, isto é, boa notícia. O Evangelho é também o anúncio alegre trazido por Jesus, cujo nome significa Deus salva.

1.     O que significa: “ O Espírito desceu sobre Jesus”? Significa a presença do divino homem em Nazaré. Significa que o Messias concederá aos que o seguem uma capacidade de discernimento, ou seja, possibilidade de distinguir entre aquilo que é o caminho de Deus e o que não é. O Espírito Santo é a própria força necessária para combater os poderes que o próprio Messias enfrentará. 

2.     O que significa para nós “deixar as redes e o pai” a fim de seguir Jesus? Significa o chamado de Deus, que não é feito num ambiente religioso particular, mas onde as pessoas verdadeiramente vivem, na sua vida cotidiana. O seguimento de Jesus não é aceitação intelectual de doutrinas, e sim um novo agir concreto que aceita deixar a segurança estabelecida para entrar numa prática transformadora.

3.     O anúncio do Reino e a convocação dos primeiros discípulos nos mostram que: Jesus não anuncia sua chegada, mas a decisão de Deus reinar. A pregação de Jesus não é em torno de sua pessoa, mas é o anúncio da chegada do Reino de Deus, que chegou o tempo e a oportunidade de para a libertação definitiva: um tempo novo que se realiza num lugar novo.

4.     O que provoca as primeiras reações dos opositores de Jesus?

Jesus inicia um tempo novo que exige conduta nova. Inicia-se um aprendizado do que se pode e não se pode fazer e quais são os critérios para agir. Isso provoca conflito porque vai entrar com tempo velho e a conduta velha.

5.     O que significa fé e compromisso? Significa um fruto do compromisso com o projeto de Jesus.

6.     Comente: “No mar da vida”: significam as forças que aprisionam e alienam as pessoas. A falta de confiança na ação misteriosa de Deus, que vence os poderes do caos e da morte, provoca o medo que paralisa a prática compromissada com o projeto de vida, deixando campo aberto para a ação alienadora e opressora.

7.     Comente: “boa ou má notícia”: Para vencer o maligno, Jesus precisa enfrentar a resistência do espírito mau. A prática de Jesus provoca dois efeitos diferentes. O primeiro é a libertação do marginalizado. Essa é a boa notícia. O segundo é indesejável, pois estão preocupados com os porcos e não com a vida e a dignidade da pessoa humana.

 Auxilandia Pementa