Que queres que eu te faça? Respondeu ele: Senhor, que eu torne a ver.
(Lc 18:41
)

        

Cientistas que se dedicam a estudar com afinco acabam por apresentar descobertas que nem lhes passaram pela mente. É o caso dos neutrinos, partícula misteriosa do universo que interagem pouco com a matéria, mas atravessam obstáculos e emitem ondas de rádio.

 Em cada século que se passa, a ciência tende a multiplicar-se para cumprimento da Palavra de Deus que não volta a ele vazia, mas cumpre o propósito para qual foi enviada (Is.55:11).

É preciso está conectado com mudanças, oportunidades e facilidades que estão  à  disposição da humanidade. É o famoso “tomar posse”, “lançar mão” dos recursos para acelerar o passo. E ver o que está perto e longe.

 

Recupera a tua vista, a tua fé te salvou. (Lc 18: 41)

 

Ver,  na essência do significado, é obter entendimento, examinar, cuidar, escolher, descobrir. 

Jesus passava por Jericó em missão evangelística. Um cego, assentado à beira do caminho, cumpria mais um dia normal de sua vida. Quando, em meio ao barulho da multidão, entendeu que poderia tomar posse de algo impossível para a medicina, escolheu ver o milagre realizado por aquele que lhe diziam que era o Messias, o tão esperado Salvador. E começou a agir. Gritou até ser atendido.

 

Filho de Davi, tem misericórdia de mim! (Lc 18:39)

 

Não foi fácil fazer o grito chegar até aquele que faria a cirurgia espiritual. Houve ordens para que se calasse. Mas quando Jesus ouviu, um superior mandado acalmou o coração agitado de Bartimeu, o cego.

        

Tem bom ânimo; levanta-te, ele te chama. (Mc 10: 49)

 

Ter bom ânimo é sair da orla da incredulidade. É descobrir um novo horizonte. É enxergar o invisível e profetizar para que no reino físico sonhos sejam realizados.

Mas atenção: não é qualquer sonho. É a vontade de Deus que é, sempre, feita no universo. O atributo da onisciência não foi dado ao homem. Por isso, o princípio da prudência move o coração a buscar conhecer o plano divino para cada passo dado na terra.

 

E vi como que um mar de vidro misturado com fogo; e os que tinham vencido a besta e a sua imagem e o número do seu nome estavam em pé junto ao mar de vidro, e tinham harpas de Deus.  E cantavam o cântico de Moisés, servo de Deus, e o cântico do Cordeiro, dizendo: Grandes e admiráveis são as tuas obras, ó Senhor Deus Todo-Poderoso; justos e verdadeiros são os teus caminhos, ó Rei dos séculos.  Quem não te temerá, Senhor, e não glorificará o teu nome? Pois só tu és santo; por isso todas as nações virão e se prostrarão diante de ti, porque os teus juízos são manifestos.  Depois disto olhei, e abriu-se o santuário do tabernáculo do testemunho no céu.

 (Ap 15:2-5)

 

João, preso por causa do Evangelho, viu coisas grandiosas. Ele, talvez, não chegou a compreender o sentido de mar de vidro misturado com fogo, sinal, número e imagem de besta. Todavia, descobriu que os vencedores cantavam o cântico de Moisés.

 Algumas  situações da vida são tidas por incógnitas. Há outras que por si só são legíveis, de fácil compreensão e aceitação. São visíveis em termos de compreensão.

 

Como ver a vitória que ainda está por vir?

 

Louvando a Deus. Cantando, administrando os pensamentos, profetizando realizações que ainda estão no papel, repreendendo o mal com o poder de Deus expresso na Palavra da Salvação.

Na luta para se tornar vencedor e observar o que se está  além dos problemas e desilusões, multidões aparecerão com palavras sugestivas de desistência. De parar, ficar como está. Ou pior, retroceder e descer degraus na escada da vida.

Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que não se veem. Pela fé entendemos que os mundos foram criados pela palavra de Deus; de modo que o visível não foi feito daquilo que se vê. (Hb 11: 1 e 3)

 

Ser salvo pela fé. Essa foi a resposta de Jesus a Bartimeu,  que venceu os obstáculos e teve seu pedido atendido. Saiu enxergando. E glorificou a Deus.

 

Pela fé, Moisés deixou o Egito, não temendo a ira do rei; porque ficou firme, como quem vê aquele que é invisível. (Hb. 11:27)

Por Auxilandia, pastora em Cristo, serva de Deus

.

16 - 11 - 2011     

 
  Voltar para índice de mensagens
|- - IEMB - Design: João Batista A.P - Igreja Evangélica Missionaria Brasileira- Leia a Bíblia, ouça a voz de Deus - Ministério: Pr. João Nogueira Pimenta -|