Seja a atitude de vocês a mesma de Cristo Jesus, que embora sendo Deus, não considerou que o ser igual a Deus era algo a que devia apegar-se; mas esvaziou-se a si mesmo, vindo a ser servo.
(Fl 2:5-7)

A soberba do homem o abaterá, mas o humilde de espírito obterá honra.
(Pv 29:23)

            Humildade é definida por Aurélio como “virtude que nos dá o sentimento da nossa fraqueza”. Em grego (tapeinos), assume o significado de “tornar baixo, abaixar”. Do hebraico, Kana, transmite a ideia de subjugar, abater.

            O apóstolo Paulo lembrou aos filipenses que era essencial desenvolver hábitos de cultivar a humildade como um dos frutos do Espírito. Manter o olhar atento às questões espirituais só traz benefícios. Soberba e humildade está na dimensão de coisas invisíveis que Paulo pede que se observe por não serem transitórias, mas eternas.   

            Jesus se fez servo sendo Deus. Exemplo máximo de desapego que leva a humanidade a refletir na recompensa eterna. Cristo foi exaltado em glória.

 É possível identificar ausência de submissão a Deus quando o espírito alimenta-se da Palavra. Paulo afirma que o Espírito se entristece quando há desvio da rota que conduz à obediência.

Todo vale será exaltado, e todo monte e todo outeiro serão abatidos. (Is 40:4)

O profeta Isaías utiliza palavras simbólicas para proclamar a exaltação dos humildes e o rebaixamento dos altivos. Deus age assim. Os que se abaixam diante da potente mão divina serão elevados no tempo determinado na agenda eterna.

Não há lugar na vida do justo para orgulho e auto exaltação. Deus não aceita posição arrogante por ser pedra de tropeço no caminho que conduz à salvação. Por isso, e com amor eterno, ele conclama seu povo para arrependimento e retorno ao caminho da humildade.

Preparai o caminho do Senhor...e a glória do Senhor se manifestará.(Is. 40:3)

É fundamental conhecer a vontade soberana por meio do estudo sistemático das Sagradas Escrituras. Nelas, há revelação dos rumos que apontam para a manifestação da glória de Deus.

            A redenção da humanidade é meta do reino da luz. E passa pela cruz, o maior símbolo de humildade apresentado por Deus.  Jesus, ao se dispor de sua majestade divina, submeteu-se ao arbítrio do Pai em total humildade. Enquanto exerceu seu ministério, dependeu exclusivamente da busca pela face de Deus por meio de orações, jejuns, pregação do evangelho e realização de milagres.

            Cristo contou apenas com a virtude que lhe deu o sentimento da fraqueza de sua humanidade. E essa força moral, que atuou no Filho de Deus, deve permear a vida de todo aquele que desenvolve respeito por um Deus soberano, que abate e que exalta conforme seu poder restaurador.

Em um alto e santo lugar habito, e também com o contrito e abatido de espírito, para vivificar o espírito dos abatidos e para vivificar o coração dos contritos. (Is 57:15)

            Colocar em prática a humildade é mover a presença de Deus e alcançar favor, graça e misericórdia.

Naquele dia, o renovo do Senhor será cheio de beleza e de glória (Is.4.2)

            Há um dia marcado para o banquete. A exaltação chega como um relâmpago que sai do oriente e se mostra no ocidente. Como um vento que não se sabe de onde vem e nem para onde vai. Assim se realiza o futuro daquele que espera em Deus por mais que a realidade presente descreva situação adversa.

Tende o mesmo sentimento uns para com os outros; em lugar de serdes orgulhosos, condescendei com o que é humilde; não sejais sábios aos vossos próprios olhos. (Rm 12:16)

 

            Abrir o leque de possibilidade da prática de virtudes espirituais é ir além do que Satanás espera.  Sugestões malignas carregadas de orgulho devem ser descartadas com disciplina da oração diária.

É preciso conectar-se com o trono da graça e tomar posse da ferramenta que o Filho de Deus utilizou durante sua passagem na terra. Os céus foram inundados com pedidos. Nem todos foram atendidos. Mas a comunhão lhe concedeu submissão que o levou à morte de cruz.  Jesus conhecia bem as Escrituras Santas. E por elas entendeu que conversar diariamente com o Pai o faria vencedor.

Por Auxilandia, pastora em Cristo, serva de Deus.

04 - 04 - 2012     

 
  Voltar para índice de mensagens
|- - IEMB - Design: João Batista A.P - Igreja Evangélica Missionaria Brasileira- Leia a Bíblia, ouça a voz de Deus - Ministério: Pr. João Nogueira Pimenta -|