Vinde a mim todos vós que estais cansados e fatigados sob o peso dos vossos fardos, e eu vos darei descanso. (Mt.11.28)


            A palavra porto é conceituada por Aurélio como lugar de descanso ou refúgio. Jesus ensinou aos discípulos que um caminhar na vida sem orgulho e egoísmo incluía deixar o fardo pesado em suas mãos.

 

Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração, e vós encontrareis descanso. (Mt 11:29)

 

            Humildade é virtude que revela a fraqueza humana. Poderoso e forte somente Deus. Ser manso, num de seus significados, é carregar o fruto do espírito chamado bondade. Mansidão é desenvolver a brandura para compreender os comandos do Espírito Santo. Quando a verdade da sabedoria humana cresce, o toque divino na mente desaparece. E vale, sempre, o conhecimento que repousou em Cristo como o leme que leva ao porto seguro.

 

Pois o meu jugo é suave e o meu fardo é leve.

(Mt 11.30)

 

            Jugo traduz ideia de submissão, obediência. O Filho de Deus exaltado passou por momentos na terra em que lhe foi cobrado obediência. Por isso, compreendeu, na prática, que obedecer é mandamento leve, sem muito esforço, para quem é guiado pelo vento que sopra onde quer e produz fôlego de vida num universo pontuado pela malignidade.

 

O meu povo está sendo destruído, porque lhe falta o conhecimento. (Os.4:6)

 

Seguir determinados princípios garante o sucesso nos empreendimentos seculares.

E nos espirituais? Existe lei espiritual que serve como base para vencer o mal?

Sim. Mais ainda, já que Paulo ensinou que a luta que se trava não é contra pessoas, mas contra principados e potestades que habitam a região celeste.

A diretriz espiritual é explícita na Palavra de Deus, nas Santas Escrituras. Além disso, o ministério profético foi recepcionado pelo Novo Testamento, sinalizando claramente que o Espírito fala com aqueles que clamam e esperam uma resposta de Deus.

Clama a mim e responderei. Anunciarei coisas grandes e ocultas que não sabes. (Jr. 33.3)

Para viver, é preciso ter disciplina, planejamento e muita energia para vencer o dia mau. E de onde vem a força que impulsiona os projetos? Vem de Deus. Somente dele. Por isso, a fatiga, o peso do dia a dia deve ser deixado aos pés de Cristo. Ele venceu a morte, o último inimigo de Deus a ser vencido para os homens comuns.

Na vida, deve haver muito clamor, muita reverência à Santíssima Trindade. Não se vence batalha despreparado. É preciso conhecer a tática do inimigo para não se surpreender com os ataques.

Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar.

(1 Pe 5.8)

Tomar o jugo de Jesus é vigiar e não andar como néscios, como as virgens que dormiram antes de providenciar o azeite. Elas sabiam que a qualquer hora o noivo chegaria. Mas descansaram de forma errada. Deixaram de buscar o que poderia ser luz, o azeite.

Jesus é o porto seguro, mas é necessário caminhar até o local de sua habitação pela fé, oração, jejum e conhecimento por meio da Bíblia.

Por Auxilandia, pastora em Cristo Jesus.

       

11 - 12 - 2014     

 
  Voltar para índice de mensagens
|- - IEMB - Design: João Batista A.P - Igreja Evangélica Missionaria Brasileira- Leia a Bíblia, ouça a voz de Deus - Ministério: Pr. João Nogueira Pimenta -|