Assim, ó Senhor, pereçam todos os teus inimigos! Porém os que te amam brilham como o sol quando se levanta no seu esplendor.

(Juízes 5.31)

                        A regularidade da existência do sol, e todo seu movimento, garantida pela soberania divina representa a segurança dispensada aos aliados de Deus.

                        Biblicamente, o sol transmite ideia de alegria, proteção, energia e o sinal da renovação do fôlego de vida. Um novo dia restaura o choro da noite sem luar.

Louvai-o sol e lua, louvai-o todas as estrelas luzentes. (Sl.148-3)

                        Deus tudo criou, e toda criação é convocada a louvá-lo.

                        Houve um tempo em que Israel abandonou a adoração a Deus e, em decorrência do ato de desobediência, inimigos invadiram a terra e a saquearam.

                        Mas a misericórdia eterna do Soberano não permitiu que continuassem longe da presença protetora. O próprio Deus levantou juízes, reis, profetas para, por meio deles, chegar o livramento.

Sol, detém-te em Giberão, e tu, lua, no vale de Aijalom. E o sol se deteve, e a lua parou até que o povo se vingou de seus inimigos.  (Js. 10.12)

                        Josué, pela fé e fidelidade, alcançou o favor de Deus. Para que a vitória fosse garantida na guerra contra os amorreus, o Sol da Justiça, que é o próprio Deus, ordenou por quase um dia inteiro que não houvesse sol  nem lua.

                        A capacidade divina de realização de milagres é aceita por quem exerce a fé. A possibilidade de milagres ocorre com a fé em ação.

                        No cântico de Débora, juíza israelita que venceu Sísera na guerra contra o rei de Canaã, ela enfatiza a derrota dos inimigos dos filhos de Deus e a exaltação para os que amam a Deus. Brilhar como o sol em seu esplendor é a recompensa dos aliados de Deus.

Mas para vos outros que temeis o meu nome nascerá o sol da justiça trazendo salvação nas suas asas. (Ml. 4.2)

                        Jesus deixa claro que o sol nasce para justos e injustos, para pobres e para ricos. Enfim, para todos que ainda cumprem a jornada terrena. Mas que sol é esse que nasce para os que temem o Senhor?

                         É o sol que figura a mão do Todo Poderoso. A mão que carrega gravada na palma o nome daquele que teme ao Senhor.

14 - 01 - 2015     

 
  Voltar para índice de mensagens
|- - IEMB - Design: João Batista A.P - Igreja Evangélica Missionaria Brasileira- Leia a Bíblia, ouça a voz de Deus - Ministério: Pr. João Nogueira Pimenta -|