Há um Deus sobre todos

Porque todos os povos andam, cada um em nome de seu deus; mas, quanto a nós, andaremos em o nome do Senhor, nosso Deus, para todo o sempre.
(Mq 4.5)

 

            Andar nos caminhos do Deus verdadeiro requer disciplina. Pessoas tendem a se adaptar facilmente às situações corriqueiras, que não dão trabalho algum para viver em conformidade com a Lei de Deus.

            Assim seguia Israel antes da invasão da Assíria e Babilônia, inimigos cruéis. O ânimo de buscar Deus da forma determinada nos Escritos Sagradas havia se perdido.

            O desrespeito pelos mandamentos e a opressão dos necessitados reinavam entre os que se diziam povo do Santo de Israel.

            Ele te declarou, ó homem, o que é bom; e que é o que o Senhor pede de ti, senão que pratiques a justiça, e ames a misericórdia, e andes humildemente com o teu Deus? Mq 6.8

            Era esse o preceito pelo qual deveria o povo praticar. Em vez disso, idolatria reinou nos corações. Deuses feitos pela mão humana foram adorados. Resultado? Invasão do mal.

            É a demônios que se sacrificam e não a ídolos que nada vêem, nada escutam e nada podem fazer.

            Mas, nos últimos dias, acontecerá que o Monte da Casa do Senhor será estabelecido no cimo dos montes e se elevará sobre os outeiros, e para ele afluirão os povos. (Mq 4)

            O nome Miqueias siginifica “quem é como o Senhor?”. O Deus que ama com amor eterno e atrai com cordas de amor para si a coroa da criação não permite que almas se percam.

            Palavras de esperança foram lançadas pela boca de Miqueias com o intuito de despertar a necessidade de busca pela libertação. O povo deveria jogar fora os deuses impotentes, mas que serviam como armadilha para o pecado e para atração do mal. 

Que deuses ocupam o coração das pessoas que proclamam a fé no Deus todo poderoso?

            Israel, além de carregar deuses no coração, ocupava as mãos com imagens.

            O Deus verdadeiro tem sido o senhor dos corações?

            Cuidados com a beleza têm roubado o tempo de embelezamento do interior? Outros cuidados têm ocupado o coração?

Não seja o adorno o que é exterior, como frisado de cabelo, adereço de ouro, aparato de vestuário, seja, porém, o homem interior do coração, unido ao incorruptível trajo de um espírito manso e tranquilo, que é de grande valor diante de Deus. (I Pe 3.3)

            Que o Deus verdadeiro seja o centro da vontade de cada coração e que ande em o nome do Senhor para todo o sempre.

 

Por Auxilandia, pastora em Cristo.

15 - 10 - 2015     

 
  Voltar para índice de mensagens
|- - IEMB - Design: João Batista A.P - Igreja Evangélica Missionaria Brasileira- Leia a Bíblia, ouça a voz de Deus - Ministério: Pr. João Nogueira Pimenta -|