E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação de vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus (Rm 12.2)

 

            Renovar vem do grego anakainoo e significa fazer novo. Na Bíblia, se refere à renovação diária do interior do homem, em contraste com a estrutura física que se desgasta com o passar do tempo.

 

Rogo-vos, pois irmãos, pelas misericórdias de Deus, que apresenteis o vosso corpo por sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. (Rm 12)

 

            Na história bíblica narrada sob a antiga aliança divina com a humanidade para remissão de pecados, animais eram sacrificados e o pecado expiado.

            Com o advento da morte vicária de Jesus, que se doou pela expiação de todos quantos o recebem como Senhor, o sacrifício nos moldes do Antigo Testamento foi cumprido na cruz do calvário e a lei em forma de ordenança foi abolida.

            Entretanto, restou a ser cumprido o sacrifício simbólico do corpo que é o templo do Espírito Santo. Como culto racional apresentado a Deus, o corpo se torna o caminho a ser trilhado para a santificação.

Assim também nós, conquanto muitos, somos um só corpo em Cristo e membros uns dos outros, tendo, porém, diferentes dons segundo a graça que nos foi dada. (Rm 12.5)

            Nem o cansaço, ou o desânimo, e até a desesperança pode nos afastar do chamado na grande seara que necessita de trabalhadores.

            O corpo, mesmo sendo moído pelas angústias, decepções ou perseguições, deve ser apresentado como sacrifício vivo e cumprir o ministério para o qual foi chamado.

...Se profecia, seja dada na proporção da fé; se ministério, dediquemo-nos ao ministério; ou o que ensina, esmere-se no fazê-lo; ou o que exorta, faça-o com dedicação; o que contribui, com liberalidade; o que preside, com diligência; quem exerce misericórdia, com alegria. (Rm 12.8)

Verdadeiramente exercer os dons espirituais é um sacrifício vivo. Disso, resulta o culto racional dirigido ao Criador.

Paulo disse que tudo que merece ser feito, merece que se faça para a glória de Deus. Quer profetizar, pregar, exercer o dom da cura ou socorrer, e, ainda, oferecer um copo d’água a um pequeno servo do Senhor, tudo deve ter única motivação: honrar a quem é merecedor de toda honra e glória.

 

No zelo, não sejais remisso, sede fervorosos de espírito, servindo ao Senhor. (Rm 12.11)

            Espírito vem do grego peneuma e traduz ideia de vento, sopro, respiração. É a parte invisível do homem, como o caráter, as qualidades morais e a capacidade de gerar uma ação boa ou má.

            Servir ao Senhor não é tarefa fácil. Dia após dia deve haver uma renovação da mente para que o alvo que é Cristo seja atingido. Com dores, com sofrimentos, com angústia, medo e insegurança o caminho deve ser percorrido.

            Sempre lembrando que o trabalho no Senhor não é vão.

Por Auxilandia, pastora em Cristo Jesus.

27 - 04 - 2016     

 
  Voltar para índice de mensagens
|- - IEMB - Design: João Batista A.P - Igreja Evangélica Missionaria Brasileira- Leia a Bíblia, ouça a voz de Deus - Ministério: Pr. João Nogueira Pimenta -|