O Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre ti e tenha misericórdia de ti. (Nm 6.25)

 

         A palavra Resplandecer vem do grego  phainõ e denota ideia de fazer aparecer, dar luz, brilhar subitamente.

         A igreja deve ser o rosto invisível de Deus na terra para transportar os que jazem nas trevas para a maravilhosa luz de Cristo.

         Entretanto, há os que rejeitam a Palavra da Salvação. Coração endurecido que se rebela ao chamado da luz que brilha subitamente perde a oportunidade de ver resplandecido em si o rosto de Deus.

 

Por isso diz: Desperta, tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos, e Cristo te esclarecerá. (Ef. 5.14)

        

         A luz divina está disponível por meio do Santo Espírito de Deus. Jesus veio como a luz do mundo e transmitiu aos discípulos a tarefa de continuarem seu ministério terreno.

         Assim como o olhar amoroso de Jesus promoveu libertação, a igreja deve interceder para que a misericórdia chegue aos cativos.

        

Misericórdia vem do grego eleos e expressa atos exteriores de piedade. Esse termo é usado acerca de Deus, que é rico em misericórdia e proveu salvação para todos os homens.

O modo que o Senhor Deus orientou Moisés a abençoar o povo de Israel incluiu a misericórdia e a luz do rosto divino.

Essa bênção deve ser repetida diariamente para que produzam efeitos espirituais.

 

Assim, aproximemo-nos do trono da graça com toda a confiança, a fim de recebermos misericórdia e encontrarmos favor que nos ajude no momento da necessidade. (Hb 4.16)

 

         A misericórdia definitiva acontecerá na vinda de Jesus, momento em que o mal será extirpado. 

         Até lá, é preciso orar corajosamente em busca de misericórdia para si e de uns para com os outros.

 

Todas as veredas do Senhor são misericórdia e verdade para aqueles que guardam a sua aliança e os seus testemunhos.
Salmo 25.10

 

         Nada que diz respeito às questões espirituais chega aos homens sem esforço ou sem uma atitude responsável de busca da face divina.

         O reino da luz e das trevas só se manifestam mediante uma invocação.

         Os filhos da luz buscam o rosto resplandecente do Senhor para que a paz se estabeleça e a misericórdia alcance a humanidade.

         Do outro lado, os aliançados com as trevas invocam o pai da mentira e atraem a destruição, o roubo e a morte.

         Por isso, é preciso interceder junto ao trono da graça. É preciso clamar por justiça e por paz. É preciso abençoar, como é o costume do judeu que segue a Palavra de Deus ordenada por meio de Moisés.

 

Paz e misericórdia estejam sobre todos os que andam conforme essa regra, e também sobre o Israel de Deus.
Gálatas 6:16

 

A regra é sempre a Palavra de Deus. Na dúvida, a Bíblia se explica por ela mesma e nenhuma interpretação fora dela deve prevalecer.

Somos o Israel de Deus e alvos de sua misericórdia e de seu rosto que resplandece.

15 - 09 - 2016     

 
  Voltar para índice de mensagens
|- - IEMB - Design: João Batista A.P - Igreja Evangélica Missionaria Brasileira- Leia a Bíblia, ouça a voz de Deus - Ministério: Pr. João Nogueira Pimenta -|