Eis que vos envio como ovelhas ao meio de lobos; portanto, sede prudentes como as serpentes e símplices como as pombas.
(Mt 10.16)

 

         A palavra símplice vem do grego akeraios e significa sem mistura, com ausência de mistura estranha.

         Jesus foi específico e demonstrou preocupação quando deu ordens aos discípulos acerca do comportamento para se vencer as astutas ciladas do reino das trevas.

         No reino das trevas não há pombas, inofensivas. Há lobos. E sem prudência e sem pureza não há vitória sobre os devoradores e destruidores.

Quanto à vossa obediência, é ela conhecida de todos. Comprazo-me, pois, em vós; e quero que sejais sábios no bem, mas simples no mal. (Romanos 6.19)

 

 Paulo pede a sabedoria para praticar o bem. Não é de qualquer maneira que se faz o bem. É preciso conhecer o local e a estratégia dos lobos.

A simplicidade requerida para o mal por Paulo coloca a ovelha no meio de lobos como puro, sem mistura maligna.

Ou seja, a pureza, a simplicidade e o coração quebrantado são requisitos para vencer a guerra entre ovelha e lobo.

Discernir o que é mal com a prudência e glorificar a Deus com a pureza é mandamento de Jesus aos seus seguidores.

 

Para que sejais irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus inculpáveis, no meio de uma geração corrompida e perversa, entre a qual resplandeceis como astros no mundo; (Fl 2.15)

 Jesus afirmou que permanecer no mundo é viver pontuado de aflições, malignidade e enfermidades físicas e mentais. Porém deixou um remédio poderoso: buscar ânimo.

Onde encontrar energia quando ela é sugada pelas forças tenebrosas que habitam a região celeste? Na Palavra de Vida Eterna.

Meditar dia e noite na Lei perfeita faz a alma abatida lembrar-se dos grandes feitos do Senhor e enxergar no escuro uma ponta de luz de esperança.

 

É de um sumo sacerdote como este que precisávamos: santo, inculpável, puro, separado dos pecadores, exaltado acima dos céus.
Hebreus 7:26

Jesus venceu o maior desafio espiritual: não desistiu da morte expiatória e com suor de sangue e coroa de espinho percorreu o caminho do calvário.

Poderia ter desistido? Como homem sim. A humanidade dele pediu o afastamento do cálice de morte. Mas submeteu-se à vontade soberana do Pai que o enviou ao mundo.

Como conseguiu vencer os lobos que pediram sua morte física? Com orações constantes. Com o relacionamento diário que firmou ao enviar pedidos ao céu diariamente.

 Ele foi ovelha enviado ao matadouro. Mas silenciou. Aguardou a recompensa do pai e venceu a morte para nos garantir vitória na grande batalha final entre lobos e ovelhas.

 

"Esta é a aliança que farei com a comunidade de Israel depois daqueles dias", declara o Senhor. "Porei minhas leis em suas mentes e as escreverei em seus corações. Serei o Deus deles, e eles serão o meu povo.
(
Hebreus 8:10)

 

 Vale viver como ovelha no meio de lobos sendo prudente e guardando a simplicidade requerida para a vitória.

 

Por Auxilandia, pastora em Cristo Jesus.

26 - 10 - 2016     

 
  Voltar para índice de mensagens
|- - IEMB - Design: João Batista A.P - Igreja Evangélica Missionaria Brasileira- Leia a Bíblia, ouça a voz de Deus - Ministério: Pr. João Nogueira Pimenta -|