Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam e a prova das coisas que se não veem. (Hb.11)

 

Fé vem do grego pistis e quer dizer convicção fundamentada no ouvir. Também significa persuasão firme. E é usada na Bíblia correlacionada à fé em Deus ou em Jesus, ou às coisas espirituais.

E a minha palavra, e a minha pregação, não consistiram em palavras persuasivas de sabedoria humana, mas em demonstração de Espírito e de poder. Para que a vossa fé não se apoiasse em sabedoria dos homens, mas no poder de Deus. ( 1 Cor. 2.4-5)


        
Paulo esclareceu bem aos irmãos de Corinto que a fé deve ter um alvo: coisas espirituais de Deus. Sem ela, o processo da salvação não se completa.

O fim maior da fé é alcançar a coroa eterna. É adentrar os portões eternos depois de ser purificado como o ouro e outros metais preciosos.

Há um desafio: coisas que se esperam e que não se veem. Difícil para uma mente processar esperança quando nem sinal daquilo que se quer alcançar se tem.

Mas exatamente assim a fé se forma no coração. De algo que não existe. O universo se fez do nada. Pela Palavra de poder tudo se formou.

 

No demais, irmãos, rogai por nós, para que a palavra do Senhor tenha livre curso e seja glorificada, como também o é entre vós;
e para que sejamos livres de homens dissolutos e maus; porque a fé não é de
todos. (2 Tes. 3.1-2)

O pleno conhecimento da revelação de Deus requer fé fundamentada no conhecimento dos atributos eternos por meio da leitura sistemática da bíblia.

Nela, o criador se manifesta em seu modo de ser e de agir. Mas quem entenderá a Palavra que brilha como uma candeia em lugar escuro?

Apenas os que pedem fé e tentam compreender os mistérios que são loucura para os que se perdem.

Porque também nós, os que estamos neste tabernáculo, gememos carregados; não porque queremos ser despidos, mas revestidos, para que o mortal seja absorvido pela vida. Ora, quem para isto mesmo nos preparou foi Deus, o qual nos deu também o penhor do Espírito. Por isso estamos sempre de bom ânimo, sabendo que, enquanto estamos no corpo, vivemos ausentes do Senhor, porque andamos por fé, e não por vista. (2 Cor. 5.4)

Ver não é o requisito essencial da fé. Fé é fundamento firme do que não se passa pela vista humana.

Mas é possível ver o invisível? Paulo responde que sim.

 

Por isso não desfalecemos; mas, ainda que o nosso homem exterior se corrompa, o interior, contudo, se renova de dia em dia. Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós um peso eterno de glória mui excelente; não atentando nós nas coisas que se vêem, mas nas que se não vêem; porque as que se vêem são temporais, e as que se não vêem são eternas (2 Co 4.16)

Para ver o que está oculto é preciso ter lentes espirituais. Onde comprá-las? Na eternidade, com o dinheiro chamado oração, jejum, leitura da Palavra.

Porque a um pelo Espírito é dada a palavra da sabedoria; e a outro, pelo mesmo Espírito, a palavra da ciência; E a outro, pelo mesmo Espírito, a fé; e a outro, pelo mesmo Espírito, os dons de curar; E a outro a operação de maravilhas; e a outro a profecia; e a outro o dom de discernir os espíritos; e a outro a variedade de línguas; e a outro a interpretação das línguas. Mas um só e o mesmo Espírito opera todas estas coisas, repartindo particularmente a cada um como quer. (1 cor. 12.8)


A fé que é desenvolvida como um dom do Espírito é a necessária para realizar feitos ordenados divinamente. Para obedecer um chamado, a fé deve entrar em ação. Por meio da fé, a ciência, o conhecimento, o milagre, a cura, a profecia e demais dons se consolidam.

Por Auxilandia, pastora em Cristo Jesus.



01 - 02 - 2017     

 
  Voltar para índice de mensagens
|- - IEMB - Design: João Batista A.P - Igreja Evangélica Missionaria Brasileira- Leia a Bíblia, ouça a voz de Deus - Ministério: Pr. João Nogueira Pimenta -|