Os cegos veem, e os coxos andam, os leprosos são limpos, e os surdos ouvem, os mortos são ressuscitados e aos pobres é anunciado o evangelho.
(Mt 11.5)

 

            A ideia que se tem de reino celeste é que há um céu e um dia todos que aceitam Cristo terão as portas eternas abertas e serão recebidos por anjos e pelo Rei da Glória.

            O evangelista Lucas explica que o reino do céu é no coração de cada um. Paulo adverte que o reino celeste consiste em paz e alegria de espírito.

            João Batista anunciou a chegada do reino do céu. E agora? Onde é mesmo o reino do céu?

            Jesus foi questionado por dois discípulos de João Batista. A dúvida era: Jesus era o messias esperado? Ou viria outro?

            A resposta de Jesus foi clara. O reino celeste havia se implantado na terra: curas e milagres incluindo ressurreição de mortos.

 

E graças a Deus que sempre nos faz triunfar em Cristo e, por meio de nós, manifesta em todo lugar o cheiro de seu conhecimento.

 (2 Cor. 2.14)

 

            Mas os milagres não acontecem por acaso. É preciso buscar Deus e suas manifestações.

 Somos nós os instrumentos divinos para operação de curas, libertações e pregação do reino de Deus.

Jesus veio para desfazer as obras do Diabo. Mas sem os instrumentos, como ele mesmo foi, não há reino celeste na terra.

 

Quem achar a sua vida, perdê-la-á.  E quem perde a sua vida por amor de mim achá-la-á. (Mt 10.39)

            Dura essa palavra. E de difícil interpretação para compreender o sentido em suas entrelinhas.

            Jesus proferiu essas palavras aos doze apóstolos ao explicar a missão de dar continuidade à implantação do reino celeste na terra.

            Perde a vida no sentido de despojo de toda vontade para buscar entender qual a boa e perfeita vontade do Pai Celeste. E assim cumprir a missão de ser instrumento de cura.

            Enquanto o temor de Deus é implantado no coração, a vida é prolongada na prosperidade segundo o comando do Espírito Santo.

 

Mas, então, que fostes ver? Um profeta? Sim, vos digo eu, e muito mais do que profeta. (Mt 11.9)

            João Batista foi o anjo enviado por Deus a preparar o caminho para Jesus. E foi apenas uma voz que clamava no deserto.

Perdeu a vida aqui, literalmente, pois se dedicou ao reino celeste e, por retaliação vinda de Herodes, foi morto de forma cruel.

Mas ganhou a eternidade e figura na galeria como profeta escolhido desde o ventre materno.

Os cegos enxergam, os surdos escutam, os paralíticos andam e os mortos ressuscitam. Bastar que a fé seja suficiente para que sinais e prodígios acompanhem os que implantam o reino celeste no coração.

Por Auxilandia, pastora em Cristo Jesus.

16 - 03 - 2017     

 
  Voltar para índice de mensagens
|- - IEMB - Design: João Batista A.P - Igreja Evangélica Missionaria Brasileira- Leia a Bíblia, ouça a voz de Deus - Ministério: Pr. João Nogueira Pimenta -|