O Reino de Deus é assim, como se um homem lançasse semente à terra. (Marcos 4.26)


            Semente vem do grego sperma e traduz ideia de descendência, posteridade.

            Os filhos da promessa são contados como semente. Todos os que receberam a Jesus tornaram-se filhos pela fé e pelo nascimento espiritual.

A semente é o princípio da vida espiritual do crente que permanece em Cristo.

            No Jardim do Éden, Jesus foi mencionado como a semente da mulher que esmagaria a serpente. Quem está alinhado com Cristo, torna-se com Ele semente que frutifica nas obras do Espírito.

 

Qualquer que é nascido de Deus não vive na prática do pecado; porque a sua semente permanece nele. (1 João 3.9)

           

Pecado vem do grego hamartia e significa perda da marca. É um princípio ou poder governante, ou um elemento interior que produz atos práticos. É a semente que não produz bons frutos.

Quem é o pai do pecado? É Satanás, que desde o princípio foi homicida e tem por objetivo retirar do coração do crente a semente boa.

O joio cresce no meio do trigo. E, como se parecem, nem sempre é possível arrancá-lo para não destruir o trigo. No momento da ceifa, a separação é feita.

Enquanto não se é possível arrancar o joio, que é o pecado, com suas marcas de toda mazela espiritual da maldade, que atitude é exigida para voltar à semeadura santa?

Várias são as respostas poderosas em Deus para desfazer sofismas que se levantam contra os filhos da semente.

Pedir ajuda espiritual para ser liberto das possessões que dominam a mente e levam ao pecado é o primeiro passo para liberdade.

O papel do intercessor é lançar a semente divina no coração dos cativos das trevas por meio das orações e pregação da Palavra de Vida.

Ora, pois, já que Cristo padeceu por nós na carne, amai-vos também vós com este pensamento: que aquele que padeceu na carne já cessou do pecado, para que, no tempo que vos resta na carne, não vivais mais segundo as concupiscências dos homens, mas segundo a vontade de Deus. (1 Pedro 4.1-2)

Há uma maneira de fugir das ações malignas contra os filhos da semente santa.  Conhecer a boa, perfeita e agradável vontade de Deus.

A Palavra ensina qual é o vivo e reto caminho que leva à salvação, aos atos de justiça e à verdade em Cristo Jesus.

Tudo que contraria princípios da Palavra tornam-se ações vindas das trevas e invocadas pelos filhos da serpente. Os filhos da semente da mulher são atacados a cada segundo para pecarem e sofrerem as consequências destrutivas.

O discernimento do bem e do mal não é suficiente para deixar de cair nos laços satânicos. É preciso se envolver com o corpo de Cristo para ser edificado com os dons distribuídos a cada um segundo o Espírito Santo.

É necessário lutar contra as obras de feitiçarias. São oferecidos alimentos, objetos e pessoas a Satanás para que a divina semente seja retirada do coração.

Conhecer como funciona o reino da maldade é o caminho para vencer as astutas ciladas do inimigo.  A oração traz Jesus para o coração e as obras do diabo são desfeitas.

O primeiro argumento satânico é tirar a fé. Sem fé, a semente boa não brota.  O joio vence e o mal se instala. Por isso, crer no poder divino é a base da libertação.

Porque a terra por si mesma frutifica.....(Marcos 4.28)

Por Auxilandia, pastora em Cristo Jesus.

20 - 04 - 2017     

 
  Voltar para índice de mensagens
|- - IEMB - Design: João Batista A.P - Igreja Evangélica Missionaria Brasileira- Leia a Bíblia, ouça a voz de Deus - Ministério: Pr. João Nogueira Pimenta -|