À sombra das tuas asas me abrigo. (Sl. 57)

 

                        Um pequeno pássaro busca institivamente a proteção debaixo das asas de sua mãe.

                        Davi sentiu essa proteção quando escapou da cidade de Gate, na qual perseguições e aflições pontuaram sua permanência até escapar com vida.

Quais asas protegeram Davi? As asas do Altíssimo que produzem sombras e trazem alívio do calor das maldades produzidas pelo reino das trevas.

                        Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Onipotente descansará. (Sl 91)

                  

                   O homem segundo o coração de Deus sofreu. E aprendeu o quanto importou sofrer pelo nome do Deus de Israel.

                       Palavras afiadas saíram da boca dos inimigos de Davi. Mas a certeza de que seriam canceladas pelo poder do Espírito do vivo Deus fez com que salmos e cânticos de louvor fossem dirigidos aos céus.

                        Tem misericórdia de mim, ó Deus, tem misericórdia, pois em ti a minha alma se refugia. (Sl. 57)

 

                   Pedidos inundaram o céu. Confiança em meio às aflições e ataques foi a senha para permanecer inabalável no dia mau. Davi experimentou o sofrimento planejado e executado pelos inimigos, bem como  o livramento que desceu do Pai das Luzes.

Pois as tuas misericórdias se elevam aos céus e a tua fidelidade, até às nuvens. ( Sl. 57,10)

 

                        Apesar de Davi ter- se desanimado totalmente nos momentos de desespero, ele não perdeu de vista a esperança nas misericórdias e na fidelidade do Criador do universo.

           

Em meio aos terrores emboscados nas noites tenebrosas, Davi invocou o auxílio divino.

                       

                        Paulo ensinou que os nossos inimigos não são pessoas. São hostes da maldade que habitam as regiões celestes. E deu o comando para lutar e vencer:

                      Revestir-se de toda armadura para vencer e permanecer firme na fé. Capacete da salvação, sapato do evangelho da paz, cinto da verdade, couraça da justiça, espada (Palavra de Deus) e fé para vencer as astutas ciladas do Diabo.

                        No meio da tempestade que retira as forças, Deus levanta intercessores. Davi não venceu sozinho as batalhas. Um exército o ajudou.

                       

                        Em Deus, cuja Palavra eu louvo, no Senhor, cuja Palavra eu louvo, neste Deus ponho a minha confiança e nada temerei. ( Sl 56.10)

        

              Por Ele, para Ele, Nele são todas as coisas (Apóstolo Paulo).

        

                   Por Auxilandia, pastora em Cristo Jesus.

18 - 05 - 2017     

 
  Voltar para índice de mensagens
|- - IEMB - Design: João Batista A.P - Igreja Evangélica Missionaria Brasileira- Leia a Bíblia, ouça a voz de Deus - Ministério: Pr. João Nogueira Pimenta -|