Eis que o temor do Senhor é a sabedoria, e o apartar-se do mal é a inteligência.

(Jó 28.28)

 

Bem é palavra que vem do grego kalos e indica o que é feito corretamente.

Jó viveu nos ambientes da experiência do bem e do mal. Aprendeu a fugir da aparência maligna exercitando o temor do Senhor por meio da sabedoria que desce do alto.

 

Mas onde se achará a sabedoria?

(Jó 28.12)

 

O próprio Jó responde: o homem não lhe conhece o valor; não se acha na terra dos viventes (Jó 28.13)

 

Sabedoria vem do grego sophia e indica capacidade de discernir modos de ação; inteligência, entendimento, compreensão.

Por que a sabedoria que vem do alto é útil para ensinar, corrigir e indicar o caminho do bem?

Porque é mesclada do dom do  Espírito Santo, cujo papel divino é de apartar o homem do mal e guiá-lo a toda verdade.

Deus entende o seu caminho, e ele sabe o seu lugar. (Jó 28.23)

 

Quantos questionamentos pontuam o coração do ser humano que não entende o que se passa em sua caminhada!

A resposta para ter a alma quieta diante de tantos desentendimentos é entregar o caminho ao Senhor, confiar em seu agir porque somente ele entende o caminho da sabedoria.

Respondeu-lhes Jesus e disse:  o que eu faço, não o sabes tu, agora, mas tu o saberás depois.

(João 13.8)

O compromisso de Deus é com sua palavra lançada que não volta vazia. Não importa se não há no presente momento a compreensão de seu agir.

Ele faz, independentemente da rebelião da humanidade. O controle está em suas mãos e no momento futuro a sabedoria chegará ao coração aflito, que procura compreender as circunstâncias.

Jó passou dias e dias procurando saber o que se passava com toda calamidade vivida.

O servo íntegro, justo e que desviava do mal fez perguntas profundas e tentou responder algumas.

Mas o Todo Poderoso rasgou os céus e desceu num redemoinho para mostrar a ele que o propósito eterno está acima de qualquer situação terrestre de aflição.

Com perguntas difíceis para se responder, Deus colocou Jó na dimensão eterna e o fez saber que não há ser maior que o Criador.

Eis que sou vil; que te responderia eu? A minha mão ponho na minha boca. (Jó 40.4)

O caminho do bem é buscado com a humildade de ser criatura e de se colocar debaixo da potente mão divina, achegando-se confiadamente ao Trono da Graça e obtendo favor em tempo oportuno, como explicou Paulo.

Bem sei que tudo podes....foi a conclusão de Jó depois de ouvir de Deus palavras que acalmaram o coração.

Por Auxilandia, pastora em Cristo Jesus.

20 - 07 - 2017     

 
  Voltar para índice de mensagens
|- - IEMB - Design: João Batista A.P - Igreja Evangélica Missionaria Brasileira- Leia a Bíblia, ouça a voz de Deus - Ministério: Pr. João Nogueira Pimenta -|